Vítimas da Covid-19 foram homenageadas no Parque Central de Caçador

Homenagem foi realizada pelo Grupo de Estudos em Direitos Humanos do curso de direito da UNIARP

Quem passou pelo Parque Central de Caçador no último final de semana, teve a atenção voltada para as 262 cruzes fixadas na grama. A ação foi realizada pelo Grupo de Estudos em Direitos Humanos do curso de direito da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP).

A atividade foi desenvolvida em homenagem as 262 mortes registradas em Caçador pela Covid-19. De acordo com o coordenador do curso de direito, professor HEITOR COFFERRI, a ação teve também o objetivo de conscientizar aos que não mantém as medidas sanitárias recomendadas, que a doença não é uma brincadeira e já levou a morte milhares de pessoas no mundo.

As cruzes foram fixadas no local, pelos alunos e coordenador do curso de direito, além de receber ajuda de outros funcionários da UNIARP.