Vereador cobra maior transparência sobre situação financeira do município

Marcos Creminácio destacou que é preciso deixar claro qual o percentual de queda na arrecadação e quanto está sendo investido na saúde durante a crise do coronavírus

O vereador Marcos Creminácio (PDT) cobrou do Executivo maior transparência com relação à divulgação de dados e números que mostrem a real situação financeira do município no atual momento.

Durante sessão desta segunda-feira, 27, o parlamentar destacou que é preciso deixar claro à sociedade e aos vereadores qual o percentual de queda na arrecadação e quanto está sendo investido na saúde durante o período de crise provocado pelo Coronavírus.

“Temos algumas ameaças de demissões de servidores, retirada de parte de salários e outras medidas com a justificativa de queda brusca na arrecadação, mas não sabemos ao certo qual é esse percentual. Isso precisa estar bem claro antes que ações como essas sejam tomadas”.

Marcos destaca ainda que a Administração Municipal deve concentrar seus esforços em dois setores primordiais neste momento: saúde e geração de empregos.

“O momento que passamos é inédito, a ideia é recuperar empregos, ajudar de alguma forma o pequeno empresário que está em situação complicada, as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade, impulsionar a geração de renda, tudo isso, junto com a saúde, tem que ser discutido e colocado em prática, o restante é secundário”, completou.

Para finalizar, o Vereador questionou se o Executivo manterá o cronograma das obras previstas através do financiamento de R$ 20 milhões do FINISA, sem saber se haverá recursos para pagar as referidas parcelas.

Fonte: Ass. Imp. Câmara Municipal de Caçador
Foto: Ilustração