Transcatarina 2020 promete semana de aventura e superação de limites

Participantes de 116 cidades brasileiras se encontram em um dos maiores eventos off-road do Brasil

Está oficialmente aberto o 12º Transcatarina que começou a receber na manhã desta terça-feira, 27, os amantes do off-road nacional. Até o dia 31 de outubro, representantes de quase 120 cidades e nove estados desbravarão as melhores trilhas do meio oeste catarinense, com largada e chegada em Fraiburgo, e pernoites em Treze Tílias e Caçador.

Cerca de 500 pessoas alinharão os veículos 4×4 no pórtico do evento, e elas estarão divididas pelas categorias de competição (Máster, Graduados, Turismo, Turismo Iniciante e Turismo Light), e passeio (Passeio Expedition, Passeio Radical 1 e 2, e Adventure 1, 2 e 3).

“O Transcatarina é a melhor prova que já competi. Do levantamento do percurso ao briefing, dos jantares a premiação… Tudo é muito bem feito, organizado e caprichado. Difícil descrever, só participando para entender o que é e significa para nós”, declara o piloto da categoria Turismo, Benedito Lopes, de São José do Rio Preto (SP).

O diretor geral do Transcatarina, Edson João da Costa, garante que a 12ª edição será uma das melhores da história do evento, com boa parte do roteiro inédita, bastante técnica e, de “brinde”, belas paisagens.

“O Transcatarina é bem democrático, aberto a todos os perfis de off-roaders. Temos categorias para quem gosta de competir, sentir a adrenalina no limite e superar seus próprios desafios em busca do melhor resultado; e recebemos também aquelas pessoas que querem passear, sem se preocupar em cumprir tempo e médias de velocidade, onde a superação de limites tem outros objetivos e prioridades”, explica Costa.

Ação do bem

Organizado pelo Caçador Jeep Clube e SC Racing, o Transcatarina faz mais do que incentivar a pratica do off-road e do rali de regularidade no Brasil. Ao reunir centenas de pessoas, vindas de diversas regiões do país, percebeu-se a oportunidade de juntar esforços e ajudar também as demandas mais carentes das cidades que recebem o evento, ou seja, fazer o bem a quem precisa.

Portanto, desde a primeira edição, no ato da inscrição, os participantes doam 40 quilos de alimentos não perecíveis e uma caixa de leite com 12 unidades (por carro). Na média, são arrecadados cerca de 10 mil quilos de alimentos e 480 litros de leites.

Para a diretora do Rotary Clube de Fraiburgo, Vânia Franceschi, o movimento de doações organizado pelo Transcatarina faz toda a diferença na vida das pessoas que tem mais necessidades. “Os alimentos são distribuídos pelas comunidades e instituições que apoiamos. Eles recebem com muito carinho e respeito. É muito gratificante”, reconhece Vania.

Fonte: Divulgação/Liberdade de Ideias Jornalismo e Comunicação Integrada
Foto: Alberto Barbosa e Ney Evangelista/DFOTOS