Setor de serviços apresenta recuperação pelo segundo mês e cresce 3,6% em junho

Pelo segundo mês consecutivo, a Pesquisa Mensal de Serviços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), trouxe resultados positivos para Santa Catarina.

O volume das receitas do segmento no estado cresceu 3,6% em junho, frente a maio, mês em que já havia crescido 7,5%, quando comparado com abril.

Este crescimento da produção de serviços acompanha a tendência do comércio e da indústria, cujas pesquisas também foram divulgadas nesta semana, mas demonstra que o setor vem apresentando uma recuperação mais lenta, depois da retração ocasionada pela pandemia. Indicativos mostram que há uma retomada mais consistente da atividade econômica.

Na comparação com os 12 maiores estados produtores de serviços, Santa Catarina subiu uma posição no ranking e ocupa agora o 5º posto no crescimento dos últimos 12 meses, se comparado ao mesmo período anterior, atrás apenas do Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo e Minas Gerais.

“Os números de junho podem representar uma retomada do setor. Mas, indicam também que o segmento está sendo o mais impactado pela pandemia, com uma retração generalizada entre as suas atividades. Somente a melhora da confiança da sociedade como um todo, frente a um claro declínio da pandemia, poderá assegurar um crescimento sustentado do setor”, destaca o economista da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Paulo Zoldan.

Fonte: Governo de Santa Catarina
Foto: Foto: Clóvis Perozin/ SDE