Sete a cada dez cidades de Santa Catarina têm casos de coronavírus

Estado registrou mais de 600 casos e chegou à marca de 8 mil confirmações; taxa de letalidade atual é de 1,64% e alta de mortes foi de cinco em 24h

Santa Catarina teve uma alta de 628 casos nesta quinta-feira (28) e chegou à marca de 8 mil casos do novo coronavírus desde o início da pandemia. Com mais cinco mortes registradas nas últimas 24 horas, agora o Estado já contabiliza 131 mortes. A taxa de letalidade atual é de 1,64%. Por outro lado, há 4.539 pessoas que já se recuperaram da doença.

Nessa atualização, a Secretaria de Estado da Saúde informou que já contabiliza 206 cidades com casos confirmados, ou seja, 70% do estado possui ao menos um caso de coronavírus. As cidades que tiveram novos casos foram Ascurra, Descanso, José Boiteux, Laurentino, Pinheiro Preto, Presidente Getúlio e Santiago do Sul.

A alta de mortes foi de cinco em 24 horas: um homem de Itajaí, de 74 anos, uma mulher de Palmito, de 86, ambos com comorbidades. Além de uma mulher de 69 anos de Blumenau e dois homens – um de Joinville (58 anos) e outro de Xanxerê (76) – sem comorbidades.

Chapecó continua com mais casos

O epicentro da doença no estado continua sendo Chapecó, com 862 casos. Florianópolis voltou a descer, pois Concórdia reporta 715 confirmações, ao passo que a capital possui 641.

Na sequência, Blumenau (572), Joinville (386), Criciúma (367), Itajaí (363), Balneário Camboriú (347), Navegantes (239) e Camboriú (126).

O isolamento social está em 37,9%, índice que reflete a quarta-feira (27), e segue uma tendência de baixas que vem desde o dia 24.

Leitos de UTI

Dos 1.210 leitos de UTI existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 765 ocupados, sendo 131 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A ocupação global é de 63,2% e há 445 leitos vagos atualmente.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê/ndmais
Foto: Ilustração