Santa Catarina tem 84,3% dos leitos de UTI ocupados e 12 hospitais superlotados

Boletim epidemiológico do governo estadual indica situação grave no Meio-Oeste e Serra e no Planalto Norte e Nordeste; governadora fala em “momento delicado”

Dos 1.455 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da rede pública de Santa Catarina, 1.208 estão ocupados, deixando 225 ainda livres. Assim, o índice de ocupação está em 84,3%.

A situação é mais grave no Meio-Oeste e Serra catarinense (90,10%) e no Planalto Norte e Nordeste (88,57%).

Em seguida, estão as regiões Sul (88,48%), Vale do Itajaí (85,32%), Grande Oeste (85,07%) e Grande Florianópolis (77,08%). A menor taxa de ocupação é da região Foz do Rio Itajaí (74,55%). Os dados são do boletim epidemiológico, atualizado na manhã desta quinta-feira (26).

A maioria dos internados, 677, são em virtude de outras enfermidades, enquanto a Covid-19 deixa 531 pacientes em tratamento intensivo.

Atualmente, 12 hospitais estão com superlotação:

Hospital Divino Salvador, em Videira;
Hospital Hélio Anjos Ortiz, em Curitibanos;
Hospital Maicé, em em Caçador;
Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages;
Hospital Bethesda, em Joinville;
Hospital Sagrada Família, em São Bento do Sul;
Hospital São Braz, em Porto União;
Hospital São Vicente de Paulo, em Mafra;
Maternidade Darcy Vargas, em Joinville;
Hospital São Donato, em Içara;
Hospital Bom Jesus, em Ituporanga;
Hospital Doutor Waldomiro Colautti, em Ibirama.
Somente no Hospital São Braz e na Maternidade Darcy Vargas, onde só há leitos neonatal, não há nenhum paciente com coronavírus.

Agravamento da pandemia

A governadora interina, Daniela Reinehr, comentou sobre o agravamento da pandemia em vídeo divulgado nesta quarta-feira (25). Segundo ela, o Estado vive um “momento delicado”, e ressaltou a aquisição de insumos e equipamentos para atender a população.

Reinehr abordou ainda a habilitação e prorrogação de leitos de UTI para tratamento da Covid-19, destacando o pedido para que os hospitais mantenham os leitos existentes, sob a garantia do custeio pelo Estado.

Estão prorrogados convênios desde o dia 18 de novembro. Os recursos liberados são da ordem de R$ 7,2 milhões. As últimas habilitações, contemplam 10 leitos para ao Hospital Santa Isabel, em Blumenau.

4,9 mil novos casos de Covid-19 em 24h

Santa Catarina teve 4.933 casos da Covid-19 nesta quarta-feira, chegando a um total de 337 mil confirmações desde o início da pandemia. No mesmo dia, o Estado também sofreu uma mudança drástica no mapa de risco.

Anteriormente, eram três regiões em Estado gravíssimo, o mais crítico na escala; agora são 13. A atualização também indica que três regiões estão em nível grave, marcadas com a cor laranja. São elas Extremo Oeste, Alto Uruguai Catarinense e Foz do Rio Itajaí.

O novo coronavírus causou 3.561 óbitos no Estado até esta data. A taxa de letalidade atual é de 1,06%.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê/Ndmais
Foto: Ilustração