Prefeitos da AMARP divulgam novas recomendações no combate ao Covid-19

Reunião virtual debateu diversos temas relativos aos 15 municípios da entidade

 

A Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (AMARP) realizou nessa quinta-feira, 6, mais uma reunião virtual onde foram debatidos diversos temas relativos aos 15 municípios que compõe a entidade.

O principal assunto debatido entre os prefeitos foi a deliberação de novas recomendações e restrições quanto ao combate ao Covid-19 que foram acordadas através de um documento regional definidos por consenso entre os 15 prefeitos da nossa região.

Foi deliberado na reunião que missas e cultos continuam proibidos enquanto a região da AMARP se mantiver na posição gravíssima no mapa da matriz de risco. Os padres e pastores poderão realizar atendimentos individualizados em suas igrejas ou em residências, caso sejam solicitados.

Outra deliberação diz respeito ao horário de funcionamento de lojas, supermercados, mercados, mercearias, padarias e similares que estão liberados a funcionarem até às 22h de segunda a sábado. Aos domingos o horário será até às 13h.

Ficou definido em reunião que restaurantes, lanchonetes e food-trucks poderão funcionar de segunda a segunda até às 22h.

Nos bares o horário estabelecido é de segunda a sexta-feira até às 19h e sábado até às 12h. Domingos e feriados permanecem fechados, sendo que não é permitido nenhum tipo de jogos como baralho, sinuca e similares.

Já o uso de parques e praças para atividade esportivas, caminhadas, corrida e afins ficará proibido conforme o decreto do Governo do Estado de Santa Catarina.

O transporte coletivo urbano também será suspenso atendendo ao decreto do Governo do Estado de Santa Catarina.

Segundo o presidente da entidade e prefeito de Tangará, Nadir Baú da Silva, as deliberações e decisões continuam acontecendo em conjunto e por consenso, para que todos os municípios da região tomem as mesmas medidas a fim da prevenção e combate ao coronavírus.

“Esse é um momento em que a população deve estar unida, seguindo as determinações sanitárias para que os números de casos venham a diminuir. Algumas restrições estão sendo colocadas para que não haja maior aglomeração em algumas situações que pode propagar o vírus. Temos a consciência de que nosso povo da região é colaborativo e nos ajudará a vencer essa batalha contra o coronavírus” comentou o prefeito.

Fonte: Ass. Imp. AMARP
Foto: Ass. Imp. AMARP