Prefeito de Caçador avalia reunião com governador e Celesc

A principal proposta da Celesc é de antecipar o prazo para as obras em uma nova rede, através de Abdon Baptista

Uma reunião, na tarde desta segunda-feira, 7, em Florianópolis, discutiu as propostas de melhorias, por parte da Celesc e do Governo do Estado, no sistema de energia de Caçador e de toda a região.

O encontro aconteceu na sede da Celesc e contou com a participação de representantes de entidades, como a FIESC e FACISC, hospital Maicé, prefeitos da região do Alto Vale do Rio do Peixe, além de deputados estaduais, bem como do governador Carlos Moisés e do presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins.

A principal proposta da Celesc é de antecipar o prazo para as obras em uma nova rede, através de Abdon Baptista, que viria a se tornar uma nova ligação para Caçador e Videira. Além disso, existe ainda a possibilidade da construção de duas novas subestações, que viriam a suprir a necessidade de energia de toda a região.

“Caçador e toda a região estão crescendo e se desenvolvendo a passos largos. Nossa cidade, por exemplo, cresceu quase 30% em movimento econômico no ano passado. Temos pleno emprego e empresas com tecnologia de ponta, que necessitam cada vez mais de energia elétrica e estes investimentos são de grande importância”, ressaltou o prefeito Saulo Sperotto.

O prefeito ainda destacou que todo esse trabalho será acompanhado de perto, principalmente na agilidade para a implantação da nova rede. “Para isso, faremos interlocuções em Brasília, junto dos nossos representantes, visando acelerar este processo. Inclusive, queremos agradecer ao importante envolvimento da classe empresarial, através da FIESC e Facisc, bem como dos nossos deputados estaduais. Esta união de esforços certamente fará a diferença mais uma vez para conquistas para nossa cidade”, acrescentou Saulo.

“Temos urgência para que não deixemos mais nossa população desassistida em caso de novos eventos climáticos que venham a atingir o sistema de energia elétrica”, finalizou o prefeito.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Assessoria de Imprensa