PMSC mantém alerta na pandemia: “Pensamento de que está passando preocupa”

Em Caçador, são 765 casos confirmados, com 603 curados

A Polícia Militar de Santa Catarina atingiu na semana que passou a marca de 200 mil fiscalizações para garantir a segurança sanitária dos estabelecimentos conforme os decretos e portarias emitidos pelos poderes Executivos. Os números de casos estão desacelerando no Estado, mas isso gera preocupação por parte do comandante-geral, Dionei Tonet, para um possível relaxamento da população. O coronel ressalta a importância de manter o alerta e garante que a PMSC segue vigilante.

​”Este pensamento de que está passando nos preocupa. Este relaxamento que pode acontecer na sociedade. Temos alguns atos que foram liberados, protocolados para retorno de atividades. Mas as medidas de sanitização e distanciamento social continuam. É importante que toda a sociedade perceba que devemos manter a atenção e os cuidados”, afirmou Tonet em entrevista a CBN Diário.

De acordo com a secretaria de Estado da Saúde, Santa Catarina apresenta redução no número diário de mortes decorrentes do coronavírus desde o dia 1º de agosto. A taxa de letalidade da Covid-19 em SC é a menor do Brasil, 1,27%. Em Caçador, em boletim epidemiológico divulgado na noite deste sábado, 5, são 765 casos confirmados, com 603 curados. Desde o início da pandemia, 18 caçadorenses já foram a óbito.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê com informações Kadu Reis/CBN Diário
Foto: Divulgação/Polícia Militar