Paróquias de Caçador suspendem missas presenciais até o final de agosto

Decreto da AMARP suspende celebrações até o dia 10 de julho, mas paróquias de Caçador adotam cautela na retomada

Um decreto emitido pela Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (AMARP), no dia 27 de julho, suspendeu as missas e cultos por 14 dias. Com isso, o prazo de validade encerra na próxima segunda-feira, dia 10.

Antecipando esta possível volta, os líderes paroquiais em Caçador realizaram um encontro na noite desta segunda-feira, 4, e decidiram manter a celebração das missas apenas pelas redes sociais até o final do mês de agosto. Um novo encontro discutirá a retomada no próximo mês.

O pároco da igreja Cristo Redentor, padre Valdir do Nascimento, explica a decisão tomada pelas paróquias de Caçador.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê
Foto: Divulgação/Paróquia Cristo Redentor