Órgãos de segurança organizam força-tarefa para coibir festas e aglomerações

Medida foi tomada diante do aumento de ocorrências, mesmo em meio à pandemia

Somente no mês de julho, a Polícia Militar de Caçador atender 116 ocorrências de perturbação do sossego alheio e aglomeração de pessoas. Os encontros em família e festas clandestinas ocorrem no território urbano e rural da cidade.

As principais denúncias recebidas pela Polícia Militar, através do 190 ou pelo aplicativo PMSC Cidadão, ocorrem aos finais de semana. Para coibir essa prática e também fiscalizar o cumprimento dos decretos por parte dos estabelecimentos, uma força-tarefa foi montada pelos órgãos responsáveis em toda a área de abrangência do 15º Batalhão, como explica o tenente Célio Alvarenga.

 

Alvarenga reforça que o objetivo da Polícia Militar não é fechar o comércio, por isso pediu compreensão da população para as medidas sanitárias de segurança.

 

Além do crime de perturbação, os organizadores respondem pela parte administrativa e com multa.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê
Foto: Arquivo/Divulgação/Polícia Militar