Neoberto Balestrin e Carlos Moisés recebem o título Doutor Honoris Causa da UNIARP

Reunião foi aberta pelo professor. Dr. Anderson Antônio Mattos Martins, reitor da UNIARP

A Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP) realizou nesta quinta-feira (18), a reunião do Conselho Universitário destinada a outorga do título honorífico de Doutor Honoris Causa ao advogado Neoberto Geraldo Balestrin, presidente da Diretoria Executiva e do Conselho Curador da FUNIARP e ao advogado e coronel da reserva Carlos Moisés da Silva, governador do Estado de Santa Catarina.

A reunião foi aberta pelo professor. Dr. Anderson Antônio Mattos Martins, reitor da UNIARP. A mesa de honra também teve a presença do vice-presidente da FUNIARP, Moacir José Salamoni. O evento teve a presença dos membros do Conselho Universitário, professores, lideranças políticas e empresariais, sendo um público reduzido e seguindo os protocolos de saúde e segurança contra a Covid-19. Foi realizada a transmissão ao vivo do evento na página da UNIARP no Facebook e também no YouTube.

A conselheira professora Mestra Ana Claudia Lawless procedeu a leitura das correspondências recebidas alusivas a realização da reunião do Conselho Universitário destinada a outorga do título de doutor Honoris Causa. A conselheira professora Dra. Ivanete Schneider Hahn, fez uso da palavra representando os integrantes do Conselho Universitário.

A professora Mestra Suzana Alves de Morais Franco fez a leitura do currículo do homenageado, Neoberto Geraldo Balestrin, presidente da Diretoria Executiva e do Conselho Curador da FUNIARP. A professora Dra. Rosana Claudio Silva Ogoshi fez a leitura do currículo do homenageado, Carlos Moisés da Silva, Governador do Estado de Santa Catarina.

A concessão do título ao Governador é uma forma de agradecer seu apoio ao ensino superior no Estado por meio do Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu) que recebeu investimentos de grande relevância nos últimos anos, entre outras ações. O Governo do Estado anunciou R$ 327,3 milhões para estudantes do ensino superior no Uniedu em 2021. Os valores representam R$ 102,3 milhões do art. 171 e R$ 225 milhões do art. 170. Este é o maior repasse da história, 23,61% maior do que o montante no ano de 2020.

O advogado Neoberto Geraldo Balestrin recebeu o Título como agradecimento pela dedicação e empenho no fortalecimento da educação superior à frente da Fundação UNIARP.

Honoris causa é uma expressão em latim e usada atualmente como um título honorífico, que significa literalmente “por causa de honra”.

Citando o tratado da Gratidão, do filósofo e doutor da Igreja Católica, São Tomás de Aquino, o professor Dr. Anderson Martins, reitor da UNIARP agradeceu os homenageados pelo fundamental apoio ao ensino superior em Caçador. Da mesma forma, enalteceu as universidades comunitárias que desempenham um papel de grande relevância no desenvolvimento regional.

Os Homenageados

Carlos Moisés da Silva

Natural de Florianópolis, Carlos Moisés da Silva nasceu em 17 de agosto de 1967. Entrou no serviço público pela formação da Polícia Militar no ano de 1987. Concluiu o Curso de Formação de Oficiais da Academia da Polícia Militar de Santa Catarina em 1990. Nessa época a PM e o Corpo de Bombeiros faziam parte da mesma corporação e, assim, Moisés decidiu ser Bombeiro. Foi trabalhar em Tubarão, no Sul do Estado. Casou-se com Késia e tiveram duas filhas: Sarah e Raissa.

Em sua trajetória profissional, além de ser Coronel da Reserva do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), também se dedicou à vida acadêmica. É bacharel em Direito e mestre em Direito Constitucional pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), onde foi professor de direito administrativo e constitucional. É inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Com mais de 30 anos de trabalho no Corpo de Bombeiros, Moisés nunca ocupou cargos eletivos.

 

Neoberto Geraldo Balestrin

É natural da cidade de Água Doce-SC. Filho de Armindo Balestrin e Ivanir Iolanda Balestrin (in memoriam). É casado com Rosana Aparecida Repa Balestrin e é pai do João Antônio Repa Balestrin. É advogado militante desde abril de 1991 quando aqui fixou residência. Foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Subseção de Caçador (SC), Conselheiro Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Santa

Catarina, Secretário do V Tribunal de Ética e Disciplina da 0AB/SC, Presidente do V Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/SC. Teve participação em diversos cursos, eventos, bem como atuou como debatedor em seminários na área jurídica. Assessor Jurídico do Sindicato da Indústria da Madeira de Caçador, do Sindicato do Comércio Varejista de Caçador, Sindicato das Indústrias do Couro, Calçados, Vestuário e Artefatos de Couro de Caçador e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Caçador (CDL), bem como de diversas empresas e pessoas físicas de Caçador e Região. Também atuou como membro da Comissão de Defesa e Assistência dos Advogados. É Membro da Loja Maçônica XV de Novembro nº 1988, desde 1996, tendo assumido vários cargos, bem como o de venerável mestre. Foi Secretário do Rotary Club de Caçador, Presidente do Rotary Club de Caçador, Presidente da Associação Caçadorense de Educação Infantil e Assistência Social (ACEIAS). Também atuou como vice-presidente da ACEIAS por um mandato. Membro do Conselho Curador da FUNIARP. Foi membro da diretoria da Associação Empresarial de Caçador (ACIC) em duas gestões, membro do Conselho de Administração e Conselho Fiscal do SICCOB Advocacia de Santa Catarina, membro da Associação de Crédito ao Microempreendedor do Contestado, membro do Conselho Fiscal da FUNIARP, membro da Diretoria Executiva da FUNIARP. Atualmente é Presidente da FUNIARP, Membro do Ilustre Conselho do Grande Oriente do Brasil Santa Catarina, Presidente da comissão de direito do trabalho da OAB/Subseção de Caçador (SC). Recebeu homenagem do BADESC e do Governo do Estado de Santa Catarina pelo trabalho voluntário em favor dos pequenos empreendedores. Esteve à frente dos trabalhos de criação e instalação da Vara da Justiça Federal de Caçador. Também atuou na criação e instalação da Vara Criminal da Comarca de Caçador e fez parte da Comissão para criação e instalação da Vara da Família, Infância Juventude, Órfãos, Sucessões e Idoso da Comarca de Caçador.

 

Fonte: Imprensa Uniarp
Foto: Imprensa Uniarp