Imposto de Renda: primeiro lote de restituição será depositado nesta sexta

Depósito será realizado um mês antes do que o de costume porque o cronograma de restituições sofreu alterações em 2020

A Receita Federal deposita nesta sexta-feira (29) o dinheiro do primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2020. Ao todo, 901.077 contribuintes terão o dinheiro creditado na conta indicada na declaração do Imposto de Renda.

O depósito será realizado um mês antes do que o de costume porque o cronograma de restituições sofreu alterações em 2020. Os pagamentos começarão nesta sexta e serão feitos em cinco lotes até setembro. Nos anos anteriores eles começavam em junho e terminavam em dezembro.

É a primeira vez que as restituições começam a ser pagas ainda durante o prazo de transmissão das declarações.

Receita Federal libera primeiro pagamento da restituição do Imposto de Renda
Como declarar automóveis no imposto de renda; formulário mudou em 2020
A iniciativa da Receita Federal tem como objetivo diminuir os efeitos econômicos causados pela pandemia do coronavírus, que tem afetado a economia brasileira.

Idosos têm prioridade no primeiro lote
O primeiro lote contempla contribuintes que têm prioridade legal e está dividido da seguinte maneira:

133.171 idosos acima de 80 anos;
710.275 contribuintes entre 60 e 79 anos;

57.631 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.
Como saber se está no lote?
Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet.

E se o dinheiro não cair na conta?
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá:

Contatar pessoalmente qualquer agência do BB;
Ligar para a central de atendimento pelos telefones: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê/ndmais
Foto: Ilustração