Hospitais recebem recursos de transações penais da comarca de Tangará

Unidades beneficiadas foram Salvatoriano Divino Salvador, de Videira, e Santa Terezinha, de Joaçaba

O juiz Flávio Luis Dell’antônio, da comarca de Tangará, determinou o repasse de R$ 50 mil para os hospitais Salvatoriano Divino Salvador, de Videira, e Universitário Santa Terezinha, de Joaçaba, para auxiliar no enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Os recursos são provenientes das penas de prestação pecuniária e dos benefícios da transação penal (acordos em crimes de menor potencial ofensivo) e da suspensão condicional do processo.

Cada unidade receberá R$ 25 mil para compra de materiais como luvas, máscaras e aventais. “Embora singelo frente ao desafio, certamente servirá como reforço no combate e tratamento da pandemia”, destaca o magistrado.

Em Tangará, há um pequeno hospital e sem Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Esse foi um dos fatores considerados pelo juiz para destinar os recursos para os hospitais da região.

Os beneficiados têm até 120 dias para fazer a prestação de contas. A ação na comarca de Tangará contou a participação do Ministério Público local.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê com informações NCI/TJSC
Foto: Ilustração/Freepik