Fim da angústia: médica sequestrada há cinco dias é resgatada no Paraná

Vítima estava na cidade de Cantagalo/PR

Depois de cinco dias sequestrada, a médica ginecologista Tamires Gemelli da Silva Mignoni foi libertada pelos sequestradores em Cantagalo, distante 30 quilômetros de Laranjeiras do Sul, no Centro-Oeste do Paraná.

A médica havia sido sequestrada em Erechim (RS) na última sexta-feira (16) por volta das 12h30. Segundo informações da Polícia Civil, três pessoas, sendo uma mulher e dois homens, que estão diretamente envolvidos no sequestro, foram detidos.

A médica, que é filha do prefeito da cidade de Laranjeiras do Sul (PR), Berto Silva, foi abordada quando entrava no carro, momento em que saía do trabalho na Unidade Básica de Saúde do bairro Aldo Arioli, em Erechim (RS).

Tamires estava em uma Chevrolet Equinox, que foi localizada abandonada ainda na tarde de sexta-feira (16), no bairro Copas Verdes. No interior do veículo foi localizada a bolsa com documentos da médica.

A polícia analisou as imagens de videomonitoramento para identificar pistas que pudessem levar ao paradeiro da médica. Policiais da DRACO (Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas) e do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) se empenharam nas buscas.

Fim da angústia

Na noite de quarta-feira (21), uma ação de policias do DEIC do RS e do Grupo Tigre na cidade de Cantagalo deu fim ao sequestro da médica. Ao ser resgatada, Tamires foi encontrada em bom estado de saúde e sem ferimentos.

A médica foi levada para Laranjeiras do Sul onde um comboio de viaturas policiais foi recepcionado por um grande grupo de pessoas que aguardava em frente à residência onde Berto Silva mora.

Ainda não se sabe o que motivou o sequestro, porém a polícia continua com as investigações.

Fonte: Ndmais
Foto: Rádio Uirapuru