Estado registra primeira morte por Covid-19 no sistema prisional catarinense

O óbito de um homem de 50 anos, que cumpria pena na UPA de Itapema, foi confirmado nesta sexta-feira (19)

Um homem de 50 anos, que cumpria pena na UPA (Unidade Prisional Avançada) em Itapema, foi o primeiro óbito registrado por Covid-19 no sistema prisional catarinense. A confirmação foi dada em nota pela SAP (Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa) nesta sexta-feira.

De acordo com o boletim, o interno apresentou sintomas no domingo, dia 14 de junho, recebeu atendimento médico e no dia 15 testou negativo para o novo coronavírus. No entanto, ainda segundo a nota, na terça-feira (16), ele retornou para o hospital onde ficou internado até falecer nesta sexta-feira.

Casos confirmados

A Secretaria informou também que todos os agentes penitenciários e internos da UPA de Itapema passaram por testes. Dois internos e quatro servidores tiveram diagnóstico positivo para Covid-19.

Os dois presos estão em isolamento na unidade e os servidores estão em isolamento domiciliar. Um novo procedimento de desinfecção foi realizado nas áreas internas e externas da unidade.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê/ndmais
Foto: Ilustração