Edital suspenso pelo Tribunal de Contas impede atuação do estacionamento rotativo

Afirmação foi feita pela vereadora Cleony Figur durante sessão ordinária desta segunda-feira, 17

Após indagação do vereador Neri Vezaro na semana passada sobre a falta de informações quanto ao estacionamento rotativo, a vereadora Cleony Figur esclareceu na sessão ordinária desta segunda-feira, 17, o motivo da demora para o início da prestação deste serviço.

Segundo ela, o edital para a contratação de empresa acabou suspenso pelo Tribunal de Contas de Santa Catarina, que entendeu que o município não teria cumprido o prazo legal de 45 dias para efetivar a abertura dos envelopes dos interessados.

Com isso, o jurídico da Prefeitura está trabalhando para reverter a situação, evitando assim que um novo processo licitatório precise ser feito e aumentando ainda mais o impasse envolvendo o estacionamento rotativo.

Cleony explica que os envelopes chegaram a ser abertos e houve empresa vencedora do certame, mas com a decisão do Tribunal o processo está suspenso até que a situação seja resolvida.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê com informações Ass. Imp. Câmara Municipal de Caçador
Foto: Divulgação e Ass. Imp. Câmara Municipal de Caçador