Assistência Social lança campanha “Não dê esmola, dê dignidade”

A campanha contará com uma equipe de abordagem, que fará os encaminhamentos devidos para cada situação, seja de acolhimento ou de acesso a benefícios municipais ou federais

“Não dê esmola, dê dignidade” é uma campanha da Prefeitura de Caçador, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, que busca conscientizar a população sobre o seu papel em evitar dar esmolas às pessoas em situação de rua, principalmente com relações entre mendicância, exploração infantil e a manutenção de vícios, situação que agravou consideravelmente após o início da pandemia.

A esmola, mesmo sem esta intenção, acaba contribuindo para mantê-las nas ruas, expostas a todos os tipos de violência, à dependência e também exposição à contaminação pelo vírus da Covid-19.

“Em vez de esmola, a Secretaria mostra que há outras formas de ajudar ao próximo de verdade, como contribuir com donativos de alimentos, leite e cobertores em doações espontâneas. A campanha vem justamente para mostrar à população que ser solidário não é dar esmola, mas fazer com que o outro saia dessa situação de mendicância”, destacou a secretária Graziela Bender.

A campanha contará com uma equipe de abordagem, que fará os encaminhamentos devidos para cada situação, seja de acolhimento ou de acesso a benefícios municipais ou federais.

Como avisar sobre situações de vulnerabilidade

A Secretaria de Assistência Social e Habitação dispõe de alguns telefones para este tipo de atendimento: 3563 2759, 99107 6111,99126 5383 e 3563 7796, que funcionam durante o horário de expediente – de segunda a sexta-feira e, ainda conta com o sobreaviso à noite e nos finais de semana, no telefone 99126 8257.

“Ligue para que a equipe da secretaria possa buscar uma solução para a situação de vulnerabilidade que estas pessoas estão enfrentando. Mostre consciência e atitude de verdade: “não dê esmola””, finalizou Graziela.

Fonte: Assessoria de Comunicação
Foto: Assessoria de Comunicação