Alunos com dificuldades nas aulas EaD receberão reforço presencial

Em 2020 não haverá aulas normais como ocorriam antes da pandemia. Isso significa que, até o final deste ano letivo, as atividades remotas continuam até o fechamento do calendário

A última avaliação escolar feita pela Secretaria de Estado da Educação mostrou que 26.4% dos alunos da rede estadual que estão fazendo aulas remotas, tiveram dificuldades de realizar as atividades ou não conseguiram realizá-las.

Por isso, estes alunos em questão, terão aulas de reforço presenciais.  O retorno escalonado (por série e por semana) ocorre a partir da autorização da Secretaria de Estado da Saúde que acompanha a matriz de risco do Coronavírus.

Dessa forma, em 2020 não haverá aulas normais como ocorriam antes da pandemia. Isso significa que, até o final deste ano letivo, as atividades remotas continuam até o fechamento do calendário.

A diretora de Ensino da Secretaria de Estado da Educação, Zaida Rabello Petry, reforça o objetivo principal da retomada das atividades nas escolas. “Essa é uma oportunidade para que os estudantes possam recapitular conteúdos e seguir o ano letivo, mas pensando em atividades de reforço. A ação visa manter o vínculo do aluno com a escola, recuperar os conteúdos e evitar o abandono escolar”.

Fonte: Rádio Caçanjurê
Foto: divulgação